Vagas para home office: como conquistar a sua
Foto: Dan Nelson/Pixabay

Vagas para home office: como conquistar a sua

Diante das dificuldades geradas pela pandemia do Coronavírus, o desemprego voltou a crescer de modo alarmante. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística  (IBGE), a taxa de desemprego já supera 12% somente no Brasil. A situação não é ruim apenas para o trabalhador, mas as empresas também são muito afetadas. Porém, uma decisão pode mudar o rumo das coisas.

Muitas empresas estão investindo no trabalho a distância, ou seja, o home office, para que os funcionários trabalhem em parte ou totalmente desta forma. Assim, elas reduzem custos, evitando demissões, além de ter mais produtividade. Dessa forma, incentiva-se o setor econômico a continuar funcionando mesmo em época de crise.

Preste atenção, se você está desempregado. Esta pode ser uma boa oportunidade para mudar a sua situação financeira, conseguindo trabalhar em casa durante este período. Quem sabe, você pode até continuar sua carreira desta forma futuramente. Confira como conquistar a sua vaga de home office!

O que é home office?

Apesar da sua tradução literal, home office não quer dizer exatamente “escritório em casa”, mas trabalhar em um ambiente alternativo ao de uma empresa. Quem opta por esta modalidade de trabalho costuma montar um pequeno escritório em casa, embora não seja um pré-requisito.

Existem três formas para atuar em home office, lembrando que o profissional pode trabalhar parcialmente ou totalmente desta maneira:

  • O home office empresário: é aquele que trabalha em casa, administrando seu próprio negócio. Geralmente, pessoas que trabalham com vendas online e não possuem lojas físicas costumam atuar desta forma;
  • O home office funcionário: é o profissional contratado por uma empresa para atuar totalmente ou parcialmente de forma remota;
  • O home office freelancer: é quem trabalha de maneira autônoma em sua casa, realizando trabalhos para diferentes empresas e pessoas físicas.

Crescimento do home office no Brasil e no mundo

Nos tempos atuais, a pandemia da Covid-19 forçou as empresas a buscarem uma nova forma de continuar em funcionamento, mesmo sendo “afogadas” pela crise que assolou o mundo. O grande desafio é amenizar a situação, mantendo as portas abertas e os funcionários mesmo durante este período de dificuldades.

Se antes da pandemia o home office já estava sendo adotada por algumas empresas e profissionais, nesses tempos mais complicados é que a modalidade disparou. De acordo com o estudo Tendências de Marketing e Tecnologia 2020: Humanidade Redefinida e os Novos Negócios, realizado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), estima-se que após a pandemia o número de empresas que pretendem adotar a modalidade cresça 30%. Entre 2017 e 2018, segundo o IBGE, o home office já havia crescido cerca de 21%.

Vagas mais procuradas e oferecidas para teletrabalho

Algumas pessoas estão buscando se especializar em determinadas áreas com a finalidade de atuar em home office. Ao mesmo tempo, as empresas estão em busca desses profissionais (com ou sem experiência ou capacitação) para preencher vagas de trabalho remoto.

Há várias opções disponíveis, sendo algumas mais procuradas do que outras, como:

  • Marketing digital;
  • Criador de conteúdo;
  • Social media;
  • Programador (sites, apps e games);
  • Editor de imagem e vídeo;
  • Tradutor;
  • Consultoria;
  • Designer;
  • Loja online.

Já quanto a vagas ofertadas por empresas, há maior variedade para diferentes tipos de profissionais, desde o mercado de vendas até analistas, confira a lista abaixo:

  • Consultor de vendas;
  • Analista de programação;
  • Secretária ou assistente virtual;
  • Editor e/ou revisor de texto;
  • Analista de negócios;
  • Vendedor;
  • Operador de telemarketing;
  • Analista contábil;
  • Assistente comercial.

É possível encontrar muito mais vagas em sites destinados a busca e oferta de empregos. Muitos dos que procuram empregos em home office tentam conseguir vagas nas áreas em que já atuaram. No entanto, com a grande demanda de pedidos de emprego, a concorrência acaba sendo um desafio para os profissionais.

Qual o perfil para o home office?

Para muitos, o trabalho em home office é uma novidade, surgindo muitas dúvidas sobre o que é preciso para trabalhar nesta modalidade. Confira algumas dicas que farão toda diferença no seu trabalho em casa, auxiliando na sua produtividade e autogestão.

O perfil para o home office segue as seguintes características:

  • Responsabilidade e compromisso – o ambiente da empresa e o da sua casa têm diferentes ações sobre o profissional e uma delas é a distração. Por isso, estar em um espaço que te faça focar no trabalho ajuda no cumprimento de metas e prazos. Para isso, recomenda-se locais longe das salas e quartos, como um escritório dentro de casa;
  • Independência – em home office, você não terá ninguém por perto para te ajudar a pensar e resolver determinadas situações. Nestes casos, você deverá estar apto a tomar decisões importantes e estratégicas por conta própria;
  • Disciplina – mantenha a postura profissional, mesmo trabalhando em casa. Ter uma rotina organizacional ajuda a ser mais produtivo e direcionado aos projetos. Você pode seguir os hábitos que costumava ter na empresa, mesmo que seu destino seja um canto confortável em sua casa;
  • Organização – não é porque está em casa que você deixará tudo espalhado e desorganizado. No ambiente de trabalho, tenha à disposição de maneira fácil tudo que precisa para executar seus afazeres. Isso também conta na organização do tempo. Busque estabelecer horários para iniciar o trabalho, fazer pausas durante o expediente, assim como encerrar as atividades. Para quem tem filhos, é importante impor limites para que respeitem seu trabalho e evitem distraí-lo;
  • Autogestão – saber administrar seu tempo e trocar informações constantes com seus colegas de projeto e gestores o ajudarão a se autogerenciar em casa. Busque saber quais os resultados esperados e entenda como o trabalho deve ser feito;
  • Emocional – trocar um ambiente com colegas de trabalho por um formato solitário pode mexer com o psicológico do profissional. Por isso, mantenha contato constante com quem trabalha na empresa, afastando a solidão, além de melhorar sua interação com as pessoas;
  • Controle – para quem trabalha como gestor, o perfil para home office sofre algumas alterações. Ele deve ter o controle sobre a situação e estar pronto para gerir uma equipe a distância. Sempre visando à produtividade e ao alcance das metas, busque ter controle sobre as operações da sua equipe para que tudo ocorra corretamente no processo sem prejudicar o faturamento, a produção e as operações da empresa.

Vantagens do trabalho remoto

Trabalhar em home office gera inúmeros benefícios tanto para a empresa quanto para o profissional. Independentemente da pandemia, um dos males dos últimos anos é o estresse que tem causado ansiedade e até mesmo depressão nos trabalhadores. Estes desequilíbrios prejudicam a concentração, a produtividade e a vontade do colaborador de estar trabalhando.

Algumas vantagens do trabalho remoto são:

  • Flexibilidade;
  • Redução de gastos tanto da empresa quanto do profissional;
  • Melhor equilíbrio entre a vida profissional e pessoal;
  • Sustentabilidade – mais pessoas em casa, menos circulação de carros e menos poluição ambiental;
  • Geração de empregos para pessoas de localidades afastadas da sede da empresa.

Desvantagens de trabalhar em casa

Trabalhar em home office também tem desvantagens. Algumas situações podem ser  evitadas, enquanto outras independem da vontade, mas muitas vezes podem ser controladas:

  • Perda de benefícios empresariais;
  • Gerir casa e trabalho ao mesmo tempo;
  • Ter de lidar com o horário e a organização do tempo;
  • Aumento no consumo de guloseimas durante o trabalho (pode gerar ganho de peso entre outros problemas);
  • Evitar locais confortáveis demais que o levem a distrair-se do trabalho;
  • Isolamento social;
  • Trabalhos domésticos interferindo no trabalho da empresa.

Onde encontrar as melhores vagas para home office

Grande parte das ofertas de emprego para home office você encontrará na internet, em sites que disponibilizam espaço para empresas ou pessoas divulgarem suas necessidades de contratar profissionais para realização de trabalhos diversos.

Outra alternativa é entrar em contato direto com empresas que estejam contratando, por e-mail e formulários, entre outras formas.

Alguns sites que você pode encontrar oportunidades como freelancer, para trabalhar nesta modalidade são:

Outra alternativa é buscar por vagas home office em sites de busca de empregos. Muitas empresas divulgam na internet sua necessidade de contratação de profissionais para trabalho em casa. O próprio Google ajuda, basta digitar no campo de pesquisa “busca por trabalho home office” e, baseado na sua localização, o navegador encontra vagas de emprego próximas.

Caso queira procurar outras alternativas, confira alguns sites de empresas que costumam divulgar vagas em aberto:

Como conquistar a vaga ideal para home office

Na busca por uma vaga home office, muitas pessoas estão aproveitando o tempo em casa para se desenvolver. É importante ter em mente a diferença entre trabalhar fora e remotamente. Além das características do perfil citado para home office, é necessário ter vontade de aprender e de produzir.

Para conquistar uma vaga ideal é preciso, antes de tudo, profissionalizar-se. Muitas empresas estão optando em abrir vagas para pessoas sem formação ou experiência e as ensinam determinada atividade necessário para o trabalho.

Nem todas as empresas oferecem esse tipo de oportunidade, por isso o melhor caminho para quem pretende conquistar uma boa vaga é estudar, treinar e mostrar responsabilidade e determinação na hora de apresentar sua proposta de trabalho. Deixe claro que você é uma pessoa séria e disposta a mostrar resultados.

Uma outra dica é investir na montagem de um bom portfólio, mostrando seus melhores trabalhos a possíveis contratantes. Não fique esperando as oportunidades caírem do céu: confira alguns truques de como conseguir emprego rápido!

Deixe uma resposta